Quem foi Martim Afonso de Sousa? Expedição – Resumo

By | junho 22, 2016

A exploração do pau-brasil não promoveu o estabelecimento de povoados na América portuguesa – foram construídas apenas algumas feitorias no litoral. Mas afinal, Quem foi Martim Afonso de Sousa?

Mais interessado no comércio de produtos orientais, Portugal enviou apenas duas expedições de reconhecimento do litoral, em 1501 e 1503, e outras três expedições guarda-costas, em 1516, 1521 e 1527, chefiadas por Cristóvão Jacques, para tentar impedir o contrabando praticado pelos franceses. Contudo, o rei de Portugal convenceu-se de que colonizar as novas terras era a única maneira de garantir sua posse.

A expedição de Martim Afonso de Sousa

martim-afonso-de-sousa-expedição

Em 1530 foi organizada a primeira expedição colonizadora, chefiada por Martim Afonso de Sousa que comandou cerca de 400 pessoas, distribuídas em cinco embarcações. Havia tabeliães e oficias de justiça para impor a lei, padres e soldados.  Trouxeram munição, tecidos, ferramentas, plantas, animais e utensílios domésticos.

Sua missão era combater os franceses, explorar riquezas, principalmente na região do rio da Prata, e organizar núcleos de povoamento e defesa.

Em 22 de janeiro de 1532 foi fundada a primeira vila no Brasil: São Vicente, no litoral do atual estado de São Paulo. Ali, Martim Afonso mandou construir uma igreja, uma cadeia e a “Casa do Conselho”, sede da administração municipal. Àqueles que o acompanhavam, Martim Afonso concedeu terras – sesmarias – e impôs normas cristãs de comportamento, bem como o respeito às leis portuguesas.

Além disso, o colonizador português trouxe mudas de cana-de-açúcar e máquinas para instalar nas novas terras
o primeiro engenho, chamado Engenho do Governador.

Posteriormente, o engenho foi comprado pelo flamengo Erasmo Scherz e seus filhos, que o rebatizaram de Engenho de São Jorge dos Erasmos.

Calcula-se que, em 1557, já existissem 12 engenhos em São Vicente.

Esse foi Martim Afonso de Souza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *