Plano de Metas JK -O que foi o “50 anos em 5” – Resumo

By | junho 20, 2016

O lema do governo do presidente JK, “50 anos em 5“, sintetizava seu ideal nacional desenvolvimentista: conduzir o Brasil a um rápido e sólido crescimento econômico, apoiado em três setores essenciais da economia: Indústria,
transporte e energia.

Para cumprir a promessa, foi elaborado o chamado Plano de Metas, um programa de governo que previa a distribuição de investimentos para os setores considerados fundamentais. A divisão foi estabelecida da seguinte forma: o setor de energia recebeu 43% dos investimentos; transportes, 29%; indústrias de base, 21%; educação, 4%; e agricultura e pecuária, 3%.

Tecnologia e recursos financeiros foram obtidos junto a entidades e empresas estrangeiras. Para incentivar as multinacionais a investir no Brasil, o governo isentou-as do pagamento de impostos por dez anos, a contar de sua instalação, e concedeu-lhes o direito de enviarem para os países de origem a maior parte dos lucros.

Assim, instalaram-se grandes marcas automobilísticas, como a Volkswagen, que estimularam o crescimento da indústria de autopeças.

jk-plano-de-metas

Juscelino Kubitschek

O governo construiu 20 mil quilômetros de rodovias, além de erguer indústrias siderúrgicas, como a Usiminas e a Cosipa, e hidrelétricas, como Três Marias e Furnas. O ideal de 50 anos de desenvolvimento econômico em cinco anos de governo evidentemente não se concretizou.

Contudo, ocorreu no Pais notável crescimento industrial e urbano. O governo JK foi o responsável pela implantação da indústria de bens de consumo duráveis, como automóveis e eletrodomésticos. O PIB aumentou a taxas de 7% ao ano e o crescimento da produção industrial foi da ordem de 80%.

Ajuda para Concretizar o Plano de Metas

Para concretizar o Plano de Metas, houve necessidade de o governo recorrer a dinheiro estrangeiro: em 1980, os empréstimos norte-americanos totalizaram 587 milhões de dólares. Também foi preciso emitir moeda para sustentar os imensos gastos em obras públicas.

As conseqüências foram os crescimentos da divida externa – somava 4 bilhões de dólares em 1960 – e da inflação, que, combinados, fragilizaram as finanças do Pais.

One thought on “Plano de Metas JK -O que foi o “50 anos em 5” – Resumo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *