Balaiada – O que foi a Revolta? Resumo de História

By | junho 20, 2016

A Balaiada ocorreu no Maranhão, entre 1838 e 1841. Na época, a província maranhense enfrentava grave crise econômica provocada pelos baixos preços do algodão no mercado internacional. Quase metade da população do Maranhão era composta por negros escravos, e mesmo os trabalhadores livres – os vaqueiros sertanejos – viviam em péssimas condições.

A insatisfação social motivou a formação de diversos grupos armados. Um deles era chefiado por Manuel Francisco dos Anjos, apelidado de Balaio devido a seu ofício de fabricante de cestos. Os vaqueiros tinham a liderança de Raimundo Gomes, o Cara Preta. Ainda havia cerca de 3 mil escravos fugidos, liderados pelo negro Cosmo.

Balaiada

Em 1839, os revoltosos chegaram a tomar a vila de Caxias, mas a repressão da oligarquia local, que contou com o apoio do Exército, sob comando do coronel Luís Alvos de Lima e Silva, debelou a rebelião. A mais importante rebelião do período regencial ocorreu no Rio Grande do Sul: a chamada Guerra dos Farrapos.

A luta durou dez anos, entre 1835 e 1845, e motivações econômicas foram determinantes. Os fazendeiros gaúchos – os estancieiros – não aceitavam os pesados impostos sobre as vendas de charque e couro, o que os prejudicava na concorrência com os produtos dos países platinos.

Assim, em setembro de 1835, os rebeldes comandados por Bento Gonçalves ocuparam Porto Alegre e depuseram o presidente da província nomeado pelo Rio de Janeiro.

Em setembro de 1836, os farroupilhas, como eram denominados os soldados do exército rebelde, proclamaram a República Rio-Grandense.

Em 1839, eles conquistaram Laguna, em Santa Catarina, onde proclamaram a República Juliana, com o apoio do italiano Giuseppe Garibaldi.

Somente em 1845, já sob o reinado de D. Pedro II, o barão de Caxias obteve um acordo que pôs fim à rebelião: a Paz de Poncho Verde. Segundo as negociações, todos foram anistiados, os oficiais farroupilhas foram incorporados ao Exército imperial, os escravos que combateram pelos farrapos foram alforriados e o charque da região platina foi taxado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *